terça-feira, 14 de dezembro de 2010

União por um FUTURO NOSSO

O futuro é um caminho sinuoso, inconstante e incerto. Não é algo que se possa prever. O futuro é a consequência de nossos atos presentes, literalmente o que nos diz aquele velho ditado: "colhes aquilo que plantou". É nisso que acredito e é isso que dissemino neste blog.

Aqui, até hoje, postei assuntos que julguei de relevância para toda a sociedade. E por este mesmo motivo que convido a todos os que acompanham o FUTURO NOSSO a participar dele, a enviar textos, imagens, relatos, notícias, vídeos, etc. que sejam importantes para o conhecimento comum. O convite não é só para participarem deste blog, mas sim também do futuro, que será criado por nós nas ações de hoje, na dedicação ao ideal correto, no empenho nas boas ações, na discussão dos caminhos errados, na crítica aos governantes e na união de todos para o bem comum.

Aqueles que aderirem a ideia enviem suas propostas para o seguinte e-mail: potterramses@gmail.com e sigamos juntos para um FUTURO NOSSO !

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Infográfico da internet no Brasil em 2010

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

A vida acima de tudo

Vemos constantemente casos absurdos de erros, incompetências e descasos em hospitais brasileiros. O último caso de grande difusão na imprensa foi um descuido de uma auxiliar de enfermagem quanto a frascos de soro e de vaselina, extremamente semelhantes que só poderiam ser diferenciados numa lida, minimamente atenciosa, aos rótulos dos referidos frascos.

Nesta postagem quero suscitar uma reflexão aos que lerem estas palavras, este último caso supracitado é comum no Brasil, gera grande indignação da população e especulações na mídia, agora vocês já pararam para pensar o porque desses descasos serem constantes? Culpa do governo. Em parte, mas não somente da forma em que pensam, lhes provo o que digo agora. Sabem quanto é a nota de corte para cursar Medicina na Universidade de São Paulo? 74. Sim, é necessário acertar 74 das 90 questões para passar da primeira fase de seleção numa prova que exige nível de conhecimento elevado das áreas de conhecimento mais importantes para um universitário decente, sem falar nas outras fases para ingressar na melhor faculdade do país.

Sim, mas a USP é só uma das inúmeras faculdades que existem no país, e se não me engano não existe processo seletivo para quem presta medicina em instituições particulares, das quais muitas tenho certeza que estão mais interessadas em receber a mensalidade do que formar bons profissionais. Eis aqui uma outra causa deste grave problema de saúde no Brasil.

Talvez uma das formas - a curto prazo - de se resolver essa falta de competência de alguns profissionais seria fazendo como o sistema de advocacia do país, mesmo depois de se cursar toda a faculdade ser necessário passar num teste que comprove sua competência nesta área em questão. Agora o longo prazo, somente com uma melhora significativa na educação pública e na cultura em geral dos brasileiros poderá mudar esse nosso quadro lastimável.

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

O sentido da guerra

A foto ao lado é do Maracanã, um dos famosos estádios do Rio de Janeiro, onde será findada a Copa de 2014.

"Cidade Maravilhosa" é a alcunha dela, cujo adjetivo maravilhosa pode muito bem ser trocado por perigosa. O que nos lembra a recente guerra que o governo do Estado do Rio de Janeiro e as Forças Armadas vem travando contra os traficantes de algumas das comunidades dali.

Antes do ponto que quero chegar nesta postagem quero lembrar a todos que além de ser uma das cidades sede da Copa do Mundo de 2014 que será realizada em solo nacional o Rio de Janeiro, sozinho, sediará as Olimpíadas de 2016, ou seja, acolherá as comissões técnicas e esportistas de todo o mundo, além da imprensa que cobrirá o evento e inúmeros turistas que aproveitarão o duplo ensejo para justificarem a viagem: acompanhar o evento mundial ao vivo e visitar uma das mais lindas cidades do mundo.


Agora chega de propaganda, porque depois de tantos anos de tráfico e desordem nas caóticas comunidades dos subúrbios do Rio só agora as autoridades estão tomando alguma atitude séria para combater esse malefício intrisecamente ligado ao cotidiano da "Cidade Maravilhosa"?

Aqueles que ainda não pensaram no assunto releiam a postagem desde o início e reflitam: desde quando político faz alguma coisa pensando no povo? E quando vem a ser de proveito deles, as coisas acontecem?

A verdadeira vergonha para o Brasil

Segundo nosso Excelentíssimo Presidente o "nosso" avião presidencial é motivo de vergonha em comparação a outras nações. Aos que pensam como ele, aos que não também, segue abaixo a verdadeira vergonha nacional.

O Programa Internacional de Avaliação de Alunos (o PISA - sigla estrangeira) revelou seus dados referentes a 2009, este que avaliou 65 países de todo o globo quanto as capacidades intelectuais dos alunos de escolas públicas e privadas nos âmbitos da Leitura, Matemática e Ciência. A posição lastimável do Brasil é a 53ª.

Essa sim é a verdadeira vergonha da nação e é ai que deve-se investir o suado dinheiro de nossos impostos e não num novo avião para ostentar uma posição de altivez que o Brasil sonha em conseguir mas não a possui ainda e só possuirá quando os "olhos" do governo estiverem sinceramente focados na educação.

Para mais informações sobre o assunto seguem alguns links:

"Um país se faz com homens e livros" - Monteiro Lobato

Nióbio

Vocês já ouviram falar em Nióbio?
Creio eu que não. Existe muita história por trás deste preciosíssimo metal, informação para um caderno inteiro de um jornal de grande circulação, mas para não ficar muito maçante leiam abaixo um resumo sobre este metal desconhecido.

Primeiramente saibam todos que o Brasil detem 98% da produção mundial deste minério, o que equivale a 37.000 toneladas anuais.

Se não conhecem este metal, não sabem para que ele serve também, suponho eu, pois saibam agora que o nióbio é essencial para siderurgia, aeronáutica, indústria naval e espacial, na fabricação de aviões a jato e em foguetes, como também esta presente na produção de aço inoxidável, ligas supercondutoras, cerâmicas eletrônicas, lente para câmeras, fabricação de trens-bala, de armamentos, indústria aeroespacial, de instrumentos cirúrgicos e óticos de precisão. Em síntese, o nióbio é vital para o desenvolvimento do mundo.


Acima vemos uma mina de nióbio em Araxá, Minas Gerais.

A Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) exporta 95% do nióbio extraído em Minas Gerais. Segundo o artigo de Schlichting, que menciona o citado no jornal Folha de São Paulo, 5 de novembro de 2003: "Lula passou o final de semana em Araxá em casa da CBMM do Grupo Moreira Salles e da multinacional Molycorp…" E, complementa que "uma ONG financiou projetos do Instituto Cidadania, presidido por Luiz Inácio da Silva, inclusive o 'Fome Zero', que integra o programa de governo do presidente eleito".

Acho que já deu para se ter uma ideia da importância deste minério e de que existem falcatruas envolvidas na sua comercialização, mas deixemos mais claro do que isso...

É certo que 100% do nióbio consumido no mundo é brasileiro, mas dados oficiais revelam que só exportamos 40% do que exploramos, onde foi parar o resto? Não digam o que Brasil é o maior produtor de jatos e ônibus espaciais do mundo, não sejamos ingênuos. E ainda mais, o metal bruto é vendido a R$400,00, equivalente a US$228,57 (na cotação de R$ 1,75 para o dólar), sendo que é comercializado na Bolsa de Valores de Londres a US$90,00. Preciso dizer mais alguma coisa?

Como eu disse, ainda existe muito a falar sobre o nióbio, mas fico por aqui nesta postagem, os que quiserem saber mais seguem os links de referência para esta postagem:


Não sejamos ingênuos e nem manipulados pelo governo e pelos poderosos empresários, riquezas tão importantes quando o petróleo existem no Brasil e estão sendo roubadas de nós, informem-se e lutem por um futuro melhor, um FUTURO NOSSO!